sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Gente da imprensa - Carmen Ribeiro





Nome:
Carmen Ribeiro

Data de aniversário:
24 de junho

Onde trabalha?
O Jornal do Povo

Com foi o início da sua carreira?
Comecei na redação do Diário. Convidada para escrever a Coluna Carmen Ribeiro- Comenta, fiquei dois anos fazendo redação e coluna. Aí pesou, e fiquei com a página diáriade colunismo. Se bem que adoro a redação, fazer matérias especiais, pesquisadas, com assuntos interessantes... é muito bom.

Quais as principais mudanças que você verifica hoje no colunismo social em relação a outras décadas?
O colunismo evoluiu e criou uma nova "cara", mais abrangente, moderna e informativa. Não existe mais o "colunismo social" antigo, restrito a meia dúzia de pessoas, monótono e repetitivo. A coluna atual deve abordar todos os temas, do social ao esporte, do político ao comunitário e beneficente. Um mix de informações rápidas, diretas e abrangentes. De maneira criativa, bem humorada e quando preciso, crítica. É importante que oleitor saiba que as opiniões manifestadas são pessoais everdadeiras. Não manipuladas. É jornalismo no verdadeiro sentido da palavra. Ah, não podemos ficar feito ostra só falando de Maringá, hoje a informação é instantânea, rápida, ágil e abrangente.

O que é ser fino?
É respeitar as pessoas como são, sem preconceitos, seja social ou cultural. É tratar a todos como umigual, nivelando-se aos mais humildes e não se submetendo de forma subservientea os ditos "superiores". Respeitar e aceitar as diferenças sejam religiosas, culturais e, principalmente, sociais, são fundamentais. Ser fino é ser íntegro, sem afetação nem trejeitos.

Cite algumas pessoas que você considera elegantes em Maringá:
Teresa Furquim, Adélia Henrique Zardetto, Cida Borghetti, Priscila Brooke, Lucinha Okimoto, Letícia Scheibel, Sineida Berbeti Ferreira, entre muitas.
Quais as suas maiores alegrias na profissão?
Conhecer pessoas interessantes, íntegras e sensatas. Ampliar as informações e ter acesso a fatos e pessoas incomuns.

E as decepções?
Falta de lealdade, a busca pela êxito profissional deve ser pautada pela ética e profissionalismo.

Quais os seus planos?
Estou em fase de reestruturação. Em busca de novos horizontes... quem sabe um arco-íris surge nos céus...

Mensagem:
Colunismo é uma forte arma de informação. Deve ser feito com honestidade, franqueza e objetividade. Sem manipulação. O resto é resto. E que todos tenham um bom 2008.

Um comentário:

Diniz Neto, jornalista disse...

Carmen!
Boa sorte.
Parabéns pelo seu trabalho.