terça-feira, 20 de novembro de 2007

Gente da Imprensa - Ivan Amorin


Comecei a fotografar e revelar filmes preto e branco, foi uma escola, fui meio autodidata, mas tive alguns amigos que me ajudaram no começo.

Nome completo:

Ivan Carlos de Amorin Pereira


Data nascimento:

05/10/66


Onde trabalha?

O Diário do Norte do Paraná


E-mail:

http://br.f505.mail.yahoo.com/ym/Compose?To=Ivan@odiariomaringa.com.br


Quando você começou a trabalhar na imprensa e como foi o início?

Tudo começou na Cocamar em 1988, meu inicio foi como sonoplasta, a Cocamar tinha um fotografo, o Danger. Ele saiu e eu comecei a fotografar e revelar filmes preto e branco, foi uma escola, fui meio autodidata, mas tive alguns amigos que me ajudaram no começo, o próprio Danger, o Jaca na época no DNP entre outros.


O que você já fez na vida além de trabalhar na imprensa?

Já fui garçom no Sal e Limão, tive uma empresa de manutenção de geladeira, máquinas de lavar, ar condicionado e freezer.


Em quais veículos de comunicação você já trabalhou?

Jornal de Serviço Cocamar, e O Diário do Norte do Paraná,e vários vários free.



Quais as suas reportagens mais marcantes?

Uma matéria no Mato Grosso, fomos até a Fazendo do ex prefeito Jairo Gianoto, fizemos eu e o Fabio Cavazotti uma entrevista com ele e depois fomos até uma cidade de nome Nova Maringá, gosto muito do passado e esta cidadezinha me lembrou minha infância na Zona 4 é muito parecida com a Maringá dos anos 60 e 70.



Quais as maiores alegrias atuando na imprensa?

Ver o Grêmio campeão da segundona, o time vinha de um bom tempo sem ter um bom time, mas em 2001 tinhamos um bom time e acompanhei todos os jogos do Grêmio, só não fiz a final, tinha que estar no DNP para editar um caderno especial que produzimos e entregamos logo após o jogo.


Quais as decepções?

Não poder ajudar algumas pessoas carentes que fiz matérias com elas, um exemplo, uma menina que morava junto com os pais e irmãos no Parque Gralha Azul.


Quais os planos?

Continuar a exercer a profissão, e dar muito mais atenção à família, descobri que família é quase tudo nesta vida. Amo minha esposa e minhas duas filhas.


Já pensou em fazer outra coisa na vida?

Sim.


Quem você admira na imprensa?

Fotojornalistas tem muitos, só para lembrar Jorge Araújo, mas em Maringá vejo sempre as fotos do Walter Fernandes, quando ele abre a caixa de ferramenta é só poesia em imagens, do Henri Jr. Gosto muito de ver fotos antigas, Paulo Ueta e Sergio Jaques são duas pessoas que admiro como fotografavam em sua época, ainda fotografam. Eles tinham uma sensibilidade incrível.


Mensagem:

Ame a você mesmo, ame a DEUS e ame sua família. Humildade e pé na estrada, este mundo é muito belo, aproveite sua curta passagem por ele e ajude seu próximo.



Uma das minhas fotos preferidas: as fases da morte. A perereca tentou chegar do outro lado, mas a cerca impediu. Ficou só o esqueleto (Ivan Amorin)

2 comentários:

Anônimo disse...

Boa esta de entrevista pessoal da imprensa, que geralmente faz entrevista com os outros.
Parabéns pelo blog.

Carol Rocha disse...

Nossa, muito interessante esta entrevista. Gostei!!!
Parabéns ao Ivan e o De Paula...
Beijos
Carol Rocha